quinta-feira, 21 de outubro de 2010

9 contra 16...

Que grande exibição da nossa equipa! Sobrevivemos a tudo e fomos fortes, muito fortes. Quem aguenta a pressão de um estádio infernal e a incrível roubalheira deste Sr. árbitro é porque tem estofo de campeão! Contra as adversidades respondemos com segurança, personalidade e atitude. Hoje podíamos ter acabado com 7 em campo, que não perdíamos. Temos Porto, muito Porto!

Entramos com o 11 habitual, mas com Rodriguez no lugar de Varela. Se a opção recaiu no uruguaio por este ser um jogador mais físico e de combate, AVB acertou em cheio porque Rodriguez portou-se muito bem e nunca virou a cara a luta. Assumimos o jogo, mas o primeiro calafrio foi na nossa baliza. Passado o susto, começamos a controlar as operações com segurança no passe com os homens do meio campo bastante activos. Na frente, para não variar, começou a destacar-se Hulk que esteve perto do golo quando passou por 4 adversários e já em esforço rematou para defesa do guarda-redes. Lá atrás tivemos um Helton bastante concentrado e um quarteto defensivo seguro, à excepção de A.Pereira que anda a pedir banco...

Depois alguns pontapés de canto sem resultados práticos, por volta da meia hora, surgiu o golo de Falcao que respondeu da melhor forma ao cruzamento de Belluschi. Já são 3 golos em 3 jogos da Liga Europa para o colombiano. Depois valeu Helton a salvar o empate e foi a vez de o árbitro entrar em acção (que roubos de igreja). Bom trabalho de Hulk na direita, a libertar-se de dois defesas e a descobrir Falcao na área, mete-lhe a bola com conta e Falcao lá no ar como só ele sabe, cabeceou para um grande golo! Anulado! Ninguém entendeu porquê... Já perto do final do primeiro tempo a expulsão de Maicon, que se pode aceitar, mas o avançado não tinha sequer a bola controlada e já surgia Helton. Até final ainda um penalti escandaloso que ficou por assinalar por derrube a Falcao.

Para a segunda parte, saiu Falcao para a entrada de Otamendi. AVB apostou em Hulk para a frente e bem. É rápido, tem físico e as bolas em profundidade iam ser dele. Acertou...na mouche! Mas até lá o Porto teve de ser forte e suster a reacção do Besiktas, que empolgado pelo público e com mais um acreditou que era possível chegar ao empate. Seguramos todas as investidas e apostamos no contra-ataque. Foi de um passe longo de A.Pereira que isola Hulk depois do erro do defesa, o brasileiro na cara do golo não falhou! Estava feito! Mas o melhor ainda estava para vir... a 15 minutos do final, Belluschi faz um passe de morte (aleluia) que só Hulk podia apanhar... e lá foi ele, correu, correu, já na área parou, driblou o defesa e com toda a calma enfia a bola no ângulo! Incrível! Mereceu o aplauso dos turcos... A partida devia ter fechado com aquele lance, mas até final ainda ficamos reduzidos a 9 por expulsão de Fernando e ainda sofremos um golo em período de descompressão.

Grande vitória! Equipa unida, jamais derá vencida!

nota: Hulk fantástico! Já não há palavras... No final foi aplaudido por todo o estádio e isso diz tudo! No reino de Quaresma, brilhou Hulk. Quem não gosta, para o ano terá saudades...
Também muito bem o Helton, Rodriguez e Belluschi.

Agora, no Dragão contra o Leiria só temos de ter a mesma atitude.

10 comentários:

  1. Subscrevo. Grande vitória! Equipa unida jamais será vencida.

    É uma satisfação tão grande que, por hoje, vou ignorar as declarações do Vítor Baía!...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Só não gostei, nem gosto, (já com o Rapid, q jogaram todos de vermelho, assim foi) do raio do calção branco!! Porquê o equipamento assim nos jogos da UEFA?? Percebem?? A UEFA exige assim?? Não percebo. De resto...À PORTO!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,

    Sair do Estádio Inonu aplaudidos de pé pelos fervorosos adeptos do Besiktas, diz tudo acerca da nossa fantástica exibição.

    Foi uma arbitragem vergonhosa, que nos prejudicou, e que só a nossa brilhante exibição, e capacidade de controlo emocional de uma equipa do FC Porto, cada vez mais madura e consistente, nos permitiu levar de vencida este difícil adversário.

    Os turcos entraram pressionantes na partida, mas Helton foi um muralha e transmitiu a tranquilidade necessária para segurar o ímpeto turco.

    Moutinho e Fernando estiveram brilhantes no nosso meio campo. Controlamos o jogo, e na segunda parte dominamo-lo mesmo com um homem a menos.

    Falcao com o seu faro goleador apontou um excelente golo de cabeça na sequência de um canto. Sofreu um penalti e viu-lhe anulado um golo.

    Com a expulsão de Maicon, as coisas poderiam ter-se complicado, mas o nosso meio campo conseguiu segurar os turcos, e com um Hulk poderoso na frente de ataque, conseguimos chegar aos 3 a 0 com uma classe só ao alcance de grandes equipas europeias.

    Este FC Porto é claramente uma equipa de topo do futebol europeu e deveria estar a lutar na Liga dos Campeões. Tem sido vergonhosa e lastimável a imagem que Benfica e Braga tem passado do nosso futebol.

    Espero nunca mais ver este árbitro espanhol a apitar nas competições europeias. Passaram em claro pisadelas, puxões, um penalti, um golo mal anulado...enfim foi deplorável esta arbitragem.

    Na minha opinião, apesar de Hulk ter apontado 2 golos e de Moutinho e Fernando terem sido enormes, Helton foi o melhor em campo.
    No início do jogo transmitiu uma segurança à equipa que só está ao alcance dos grandes guarda-redes. Saiu da baliza para evitar o golo de Nihat logo nos minutos iniciais, e ao longo da partida, transmitiu confiança e segurança aos seus companheiros de sector.

    Grande noite europeia do FC Porto, da qual todos nós nos podemos orgulhar. Fomos bravos, valentes e inteligentes. Contra tudo e contra os jogadores venceram esta difícil batalha, e saíram justamente debaixo de uma grande ovação do Inonu de Istambul.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Anabela Mendes, no Facebook, escreveu:
    "Nego o k escreveram do símbolo portista(V.Baía)!1º:qual a origem d kestão?Chamaram"facada no coração portista",a 1 defesa d norte e 1 clube,a injustiça c/k o FCP é tratado p/media.Kestão:"As diferenças das ekipas sul/norte,são vincadas p/media facciosos?"Baia responde:a s/carreira seria mais divulgada s fosse d 1 clube... d sul,pk são valorizados plos media.ele não os engrandeceu,manifestou. 1 injustiça!Estive lá e sei!"

    Ou seja, mais uma vez a imprensa deturpou declarações a seu bel prazer.

    Carlos Santos

    ResponderEliminar
  5. Vou ver o jogo com o Leiria! Há muiyo que já não vou ao Dragão! Tenho a certeza que vou sair de lá muito feliz :)

    ResponderEliminar
  6. este incrível que tantos lampiões, e alguns dragões, insistem em avaliar de sobrancelha franzida, ainda nos vai deixar muita saudade. está muito, mas mesmo muito, acima em termos atléticos e técnicos (técnica de remate essencialmente, o que é fundamental para um striker..) de todos os outros jogadores a actuar em Portugal. o Porto a jogar em 4-4-1 por expulsão do Maicon, e mesmo assim bola na frente a aproveitar a fragilidade defensiva do adversário, é certo, mas também a força bruta em velocidade, coisa rara no mundo, deste incrível jogador que foi uma sorte o nosso Porto tem contratado antes de outros tubarões. a cotação de um jogador desta valia é enorme, mas ainda assim cheira-me que os tais tubarões do futebol mundial não poderão ignorá-lo por muito mais tempo....
    quando à restante equipa, estamos um bloco muito arrumadinho e com evoluções individuais que já aqui elogiei e que não me canso de referir. estou ansioso pelo jogo do Benfica, que acho que em vez de aproximar as equipas em termos pontuais como os fanfarrões benfiquistas defendem, ou deliram, vai afastá-las e de vez....

    Becas

    ResponderEliminar
  7. Esperava-se um jogo difícil, é verdade, mas conseguimos entrar bem em campo e dominar a maior parte do tempo de jogo.
    Mesmo com 10, e mais tarde com 9, fomos superiores e conseguimos então alcançar a 13ª vitória em 13 jogos, um registo impressionante.
    Destaque para os adeptos do Besiktas, que no final aplaudiram Hulk.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Antes de me precipitar em relação às declarações do Vítor Baía, gostaria de ficar melhor esclarecido do contexto em que foram feitas, tendo em atenção o comentário, o qual não percebo muito bem, subscrito por Carlos Santos, referindo-se às justificações apresentadas, segundo ele, por Anabela Mendes no Facebook.

    ResponderEliminar
  9. @iur

    O reflexaoportista.blogspot.com tem dois artigos a dissecar esse assunto. Sugiro que leia, também, os comentários.

    Cumprimentos Azuis e Brancos

    Carlos Santos

    ResponderEliminar
  10. Obrigado, Carlos Santos. Já tinha lido e fiquei esclarecido.

    Um abraço

    ResponderEliminar